VII SIELP – Simpósio Internacional de Ensino da Língua Portuguesa

SIELPExtraído do site do simpósio VII SIELP

« Nascido em 2011 no Brasil, no âmbito de um projeto desenvolvido na Universidade Federal de Uberlândia, rapidamente o SIELP – Simpósio Internacional de Ensino da Língua Portuguesa se afirmou como um importante espaço de reflexão e debate sobre a questão do ensino do Português. A regularidade da sua realização, a capacidade de atração de um vasto público interessado e participativo e o envolvimento de um vasto conjunto de investigadores com amplo reconhecimento nessa área são disso a maior evidência.

Assumindo um carácter internacional, o SIELP não se confinou, no entanto, ao espaço brasileiro e, no quadro de relações inter institucionais que se têm vindo progressivamente a fortalecer, rapidamente se estendeu a Portugal, onde em 2013, no Instituto Politécnico de Santarém, e em 2016, na Universidade do Minho, se realizaram, respectivamente, a terceira e a quinta edição deste evento.

Numa perspetiva de afirmação deste Simpósio como evento de referência no campo dos estudos sobre o Ensino da Língua Portuguesa e de consolidação das parcerias que têm possibilitado a sua realização dos dois lados do Atlântico, em 2018, o SIELP, na sua sétima edição, terá novamente lugar em Portugal, numa organização do Centro de Investigação em Educação (CIEd) do Instituto de Educação da Universidade do Minho, instituição com forte tradição na formação de professores de Português e com trabalho de investigação reconhecido no domínio da sua Didática. »

O Simpósio vai decorrer de 16 a 18 de julho na Universidade do Minho em Braga, no qual irei apresentar duas comunicações (uma individual e outra conjunta). No próximo post publicarei o resumo da comunicação individual.

Destaco os conferencistas convidados:

  • João Costa (Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa / Secretário de Estado da Educação);
  • Sírio Possenti (Instituto de Estudos da Linguagem – Unicamp);
  • Joaquim Golz (Faculdade de psicologia e Ciências da Educação da Universidade de Genebra)

Convido-vos a participar.

Link para o programa: Programa Provisório VII SIELP

Publicités

21st Century Technology Skills Are a Core Competency for Todays Graduates

Our students need to be comfortable with the information technologies that are inextricably linked to the 21st century skills the work place requires, and

via 21st Century Technology Skills Are a Core Competency for Today’s Graduates.

Desenvolver Literacia nas Crianças: conselhos para pais

literacia_digital

Há já algum tempo que a Internation Reading Association procura desenvolver ações de sensibilização junto de pais e educadores para a promoção da literacia nas crianças e jovens. Uma delas é um conjunto de folhetos que se pode consultar no site da mesma (www.reading.org).

Este e os próximos posts procurarão traduzir aquele que designam por « Supporting children’s literacy growh: Tips for parents« , começando pelos materiais:

  • tenha um espaço em casa para livros e revistas para o seu filho;
  • se puder, subscreva uma revista para o seu filho;
  • coloque livros e revistas suas e do seu filho em várias partes da casa;
  • espalhe materiais de escrita, desenho ou de construção de modo a que o seu filho crie ou recrie histórias;

Os números de 2012

Os duendes de estatísticas do WordPress.com prepararam um relatório para o ano de 2012 deste blog.

Aqui está um excerto:

The new Boeing 787 Dreamliner can carry about 250 passengers. This blog was viewed about 970 times in 2012. If it were a Dreamliner, it would take about 4 trips to carry that many people.

Clique aqui para ver o relatório completo

New educational paradigms needed…

… industrial revolution ended some years ago. We are now facing a big changing from students’ attitudes regarding learning and education in general.

Please, see this video. Listen it well and you will understand.

 

Dicionário Terminológico

Com o intuito de facilitar a transposição para a nova terminologia linguística, num período em que os 1º, 2º 5º e 7º anos iniciam o seu trabalho com os novos programas de Português, o Ministério da Educação disponibiliza uma versão digital do Dicionário Terminológico da Língua Portuguesa.

Boas consultas!

tecnologia denuncia plágio

Nos EUA algumas empresas começaram a especializar-se na análise das provas de exame dos estudantes. Segundo o jornal I, o sistema desenvolvido permite detectar as respostas que foram (i) fornecidas aos alunos por outros que já tenham finalizado o exame, recorrendo às mensagens de telemóvel ou (ii) alteradas à posteriori pelo corrector de modo a favorecer determinado estudante.

 

Assim sendo, após a realização do exame, todas as provas são enviadas para a empresa contratada que as compara segundo um algoritmo não revelado.  As provas suspeitas são posteriormente revistas à mão e os alunos confrontados com a situação.

Como é de calcular, o sistema está igualmente a gerar polémica devido a alguns do métodos usados já revelados, como por exemplo duvidar de provas cujas respostas tenham sido alteradas, como se não fosse permitido ou expectável que numa releitura o estudante se aperceba de alguma lacuna ou erro e procure emendar.

Ainda assim, parece que o método tem dado provas.

Os estudantes que se cuidem.

Fonte: Jornal I de 31/12/2010, ano 2, n.º 84
%d blogueurs aiment cette page :